• Câmara de Cinfães lança concurso para substituir luminárias por tecnologia Led

    Câmara de Cinfães lança concurso para substituir luminárias por tecnologia Led

  • Rádio Douro Nacional...7 Anos !

    Rádio Douro Nacional...7 Anos !

  • SOLENIDADE DE TODOS OS SANTOS E COMEMORAÇÃO DOS FIÉIS DEFUNTOS EM LAMEGO

    SOLENIDADE DE TODOS OS SANTOS E COMEMORAÇÃO DOS FIÉIS DEFUNTOS EM LAMEGO

  • Rádio Douro Nacional - Lamego

    Rádio Douro Nacional - Lamego

  • Mau tempo põe todos os distritos do continente sob aviso amarelo amanhã

    Mau tempo põe todos os distritos do continente sob aviso amarelo amanhã

Obras na principal avenida de Vila Real arrancam segunda-feira

As obras de requalificação na principal avenida da cidade de Vila Real, a Carvalho Araújo, arrancam na segunda-feira e vão obrigar a condicionamentos ao nível do trânsito e do estacionamento, anunciou hoje a câmara.

O projeto da avenida Carvalho Araújo está incluído no Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU) de Vila Real que prevê um investimento global de 17,2 milhões de euros, financiados em 75% por fundos comunitários, e deverá estar concluído em 2022. Para a intervenção na avenida vão ser direcionados cerca de 1,9 milhões de euros. O presidente da Câmara de Vila Real, o socialista Rui Santos, já disse que se trata de uma “obra emblemática”, que vai “melhorar a mobilidade” e o “usufruto por parte da população daquele espaço nobre e que é a sala de visitas de Vila Real”. A artéria localiza-se no centro histórico da cidade e sobe da praça do município para o edifício do tribunal. Atualmente, o trânsito sobe pelo lado direito e desce pelo esquerdo, possuindo no meio uma área de jardins com bancos. A requalificação da avenida prevê a concentração do tráfego, nos dois sentidos, no lado esquerdo (poente), transformando todo o lado direito (nascente) numa praça para fruição da população, com espaços verdes e bancos, e para a realização de eventos. Relativamente a alguns dos principais ícones da avenida, como a fonte localizada em frente ao edifício do tribunal, será transferida para perto da Sé, lugar onde esteve originalmente, mantendo-se no mesmo sítio a estátua do Carvalho Araújo. O município anunciou hoje que se irão iniciar na segunda-feira os trabalhos de requalificação da avenida Carvalho Araújo e ruas envolventes e informou que vai ser necessário introduzir condicionamentos ao nível do trânsito e do estacionamento. Nesta fase da obra, o troço descendente da avenida Carvalho Araújo, compreendido entre o edifício dos Correios e a Sé, bem como os troços iniciais da rua Irmã Virtudes e da rua da Misericórdia serão encerrados ao trânsito, condicionando a circulação automóvel naqueles troços de via. Por isso, a autarquia solicita a todos os utilizadores dessas vias (peões e automobilistas) para darem "especial atenção à sinalização rodoviária temporária e circularem com especial prudência enquanto durarem as obras”. A intervenção na avenida está a gerar polémica na cidade, tendo o PSD acusado o PS de “destruir” a Carvalho Araújo e de "aumentar os problemas na circulação rodoviária e agravar os problemas de estacionamento no centro”. O partido social-democrata apresentou na última Assembleia Municipal, que decorreu em dezembro, uma moção, rejeitada pela maioria socialista, a pedir “a suspensão” da requalificação daquela avenida até se encontrar um “projeto consensual e de bom senso”.