• Criança sofre queimaduras nas pernas enquanto dormia

    Criança sofre queimaduras nas pernas enquanto dormia

  • Rádio Douro Nacional - Lamego

    Rádio Douro Nacional - Lamego

  • Providência cautelar para travar demolição da panificadora de Nadir Afonso em Vila Real

    Providência cautelar para travar demolição da panificadora de Nadir Afonso em Vila Real

  • "FIM DAS PORTAGENS NA A24 DEVE SER PRIORIDADE NACIONAL"

  • Orlando Lourenço distinguido com o prémio

    Orlando Lourenço distinguido com o prémio "Senhor Vinho"

APPACDM NO SEMINÁRIO MENOR DE RESENDE AGUARDA ABERTURA DE CANDIDATURA

A Associação Portuguesa de Pais e Amigos dos Cidadãos com Deficiência Mental (APPACDM) de Viseu e o município de Resende aguardam que seja aberta a linha de finaciamento do progama de Alargamento da Rede de Equipamentos Sociais para avançar com a candidatura para reconversão do Seminário menor em instituição de apoio.

Trata-se de um investimento de “milhares de euros”, sublinhou o presidente da autarquia, Garcez Trindade, e que terá capacidade para 30 utentes em lar e outros 30 em centro de atividades ocupacionais. “Este projeto nasce da parceria entre a APPACDM, a Câmara de Resende e Diocese de Lamego”, disse o autarca, frisando que o projeto de reconversão do espaço está pronto. “Agora, é só aguardar que a candidatura possa ser submetida”, confirmou. A parceria surgiu porque o Seminário Menor de Resende tinha cada vez menos alunos e os que ainda restavam foram transferidos para Braga. “Para evitar que o edifício viesse a ficar devoluto, surgiu esta ideia e oportunidade”, acrescentou. De acordo com o autarca, Resende tem “uma lacuna grande do ponto de vista social, em termos de cidadãos portadores de deficiências mental”, já que a resposta existente nesta área “é muito pequena e insuficiente”. A APPACDM tem sede em Viseu e um pólo em Santa Comba Dão, no sul do distrito. Com a concretização deste projeto em Resende ficaria com um pólo a norte do distrito para servir toda esta região.

 

Fonte: Jornal do Centro