• Rádio Douro Nacional...9 Anos!

    Rádio Douro Nacional...9 Anos!

  • Rádio Douro Nacional - Lamego é a 𝗥Á𝗗𝗜𝗢 𝗢𝗙𝗜𝗖𝗜𝗔𝗟 𝗗𝗔𝗦 𝗙𝗘𝗦𝗧𝗔𝗦 𝗗𝗘 𝗟𝗔𝗠𝗘𝗚𝗢 𝟮𝟬𝟮𝟮

    Rádio Douro Nacional - Lamego é a 𝗥Á𝗗𝗜𝗢 𝗢𝗙𝗜𝗖𝗜𝗔𝗟 𝗗𝗔𝗦 𝗙𝗘𝗦𝗧𝗔𝗦 𝗗𝗘 𝗟𝗔𝗠𝗘𝗚𝗢 𝟮𝟬𝟮𝟮

  • Evocação do Dia da Liberdade em Lamego aborda prática da corrupção

    Evocação do Dia da Liberdade em Lamego aborda prática da corrupção

  • Cavacas de Resende regressam com dois dias de festa

    Cavacas de Resende regressam com dois dias de festa

  • Convento de Ferreirim reabriu ao público com apoio do Município de Lamego

    Convento de Ferreirim reabriu ao público com apoio do Município de Lamego

  • Município de Tarouca entrega dispositivos de teleassistência a idosos do concelho

    Município de Tarouca entrega dispositivos de teleassistência a idosos do concelho

Eleições para a Concelhia do PS de Lamego em Fevereiro

Manuel Ferreira recandidata-se à liderança da Comissão Política Concelhia do PS Lamego.

Manter o partido “coeso” e “motivado” são os pressupostos desta candidatura que vai a eleições a 1 de fevereiro do próximo ano.
“Quero dar continuidade ao trabalho realizado até agora em união com o executivo municipal. Continuar a ter um partido motivado, esclarecido, coeso e aberto a propostas que venham da sociedade civil”, justificou o socialista que há dois anos venceu as eleições para o mesmo órgão.
Pela frente, um dos desafios vai ser as autárquicas de 2021. Manuel Ferreira admite que ainda é cedo para se falar de candidatos, mas se o atual presidente da Câmara, Ângelo Moura, estiver disponível “terá todo o apoio se eu for, novamente, presidente da Comissão Política”. Até ao momento, nenhum outro socialista avançou com uma candidatura, embora haja quem admita que poderá surgir uma nova alternativa ao atual presidente.
Um outro destino para Manuel Ferreira poderá passar pela Assembleia da República. O socialista era quinto da lista de candidatos, mas fala-se numa eventual saída de João Azevedo para a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro. A colocar-se este cenário, Manuel Ferreira ocuparia um lugar no Parlamento para o qual, o próprio, afirma estar “disponível”. “Por isso integrei a lista de candidatos a deputados”, reforça.