• Aprovada proposta da Comissão Política Concelhia do PSD Lamego em apresentar Francisco Lopes como candidato à Câmara de Lamego

    Aprovada proposta da Comissão Política Concelhia do PSD Lamego em apresentar Francisco Lopes como candidato à Câmara de Lamego

  • Rádio Douro Nacional...8 Anos!

    Rádio Douro Nacional...8 Anos!

  • Autárquicas: Ângelo Moura é “decisão sem contestação” para Lamego

    Autárquicas: Ângelo Moura é “decisão sem contestação” para Lamego

  • Detido após discussão com familiares em Lamego

    Detido após discussão com familiares em Lamego

  • Homem encontrado morto num pinhal em Lamego

    Homem encontrado morto num pinhal em Lamego

  • Centro de apoio ao Serviço Nacional de Saúde de Lamego já fez mais de 1.200 chamadas

    Centro de apoio ao Serviço Nacional de Saúde de Lamego já fez mais de 1.200 chamadas

Município de Tarouca cria equipa multidisciplinar para apoiar cidadãos em isolamento

Em tempos de confinamento e de recolher obrigatório em que prevalece o isolamento, torna-se fulcral prestar assistência aos cidadãos mais vulneráveis que carecem de apoio redobrado.

É neste sentido que o executivo municipal criou uma equipa multidisciplinar que já se encontra no terreno a prestar apoio aos cidadãos que testaram positivo à COVID-19, ou que se encontram em isolamento profilático. Diariamente esta equipa efetua visitas domiciliárias pelo concelho, aferindo necessidades de compra de bens alimentares, medicamentos ou outros bens essenciais, monitorizando ainda o estado de saúde destes cidadãos. Duas técnicas do Gabinete de Ação Social e Saúde trabalham na linha da frente no acompanhamento e monitorização dos casos sinalizados, sendo coadjuvadas pela restante equipa que disponibiliza apoio psicológico e assistência social. Para o efeito, foi criada uma linha telefónica, disponível 24h por dia, que pode ser acedida através do 938754174. Para o Presidente da Câmara Municipal de Tarouca, Valdemar Pereira, “é fulcral este contacto de proximidade que é efetuado junto destes cidadãos que se encontram isolados e, dessa forma, mais vulneráveis, permitindo-nos igualmente reforçar e sensibilizar os mesmos face à situação atual e à importância de travar as cadeias de contágio, sob pena de termos um sistema nacional de saúde em rutura “.