• Rádio Douro Nacional...9 Anos!

    Rádio Douro Nacional...9 Anos!

  • Rádio Douro Nacional - Lamego é a 𝗥Á𝗗𝗜𝗢 𝗢𝗙𝗜𝗖𝗜𝗔𝗟 𝗗𝗔𝗦 𝗙𝗘𝗦𝗧𝗔𝗦 𝗗𝗘 𝗟𝗔𝗠𝗘𝗚𝗢 𝟮𝟬𝟮𝟮

    Rádio Douro Nacional - Lamego é a 𝗥Á𝗗𝗜𝗢 𝗢𝗙𝗜𝗖𝗜𝗔𝗟 𝗗𝗔𝗦 𝗙𝗘𝗦𝗧𝗔𝗦 𝗗𝗘 𝗟𝗔𝗠𝗘𝗚𝗢 𝟮𝟬𝟮𝟮

  • Evocação do Dia da Liberdade em Lamego aborda prática da corrupção

    Evocação do Dia da Liberdade em Lamego aborda prática da corrupção

  • Cavacas de Resende regressam com dois dias de festa

    Cavacas de Resende regressam com dois dias de festa

  • Convento de Ferreirim reabriu ao público com apoio do Município de Lamego

    Convento de Ferreirim reabriu ao público com apoio do Município de Lamego

  • Município de Tarouca entrega dispositivos de teleassistência a idosos do concelho

    Município de Tarouca entrega dispositivos de teleassistência a idosos do concelho

"Rangers" têm novo comandante

O Centro de Tropas de Operações Especiais, em Lamego, tem um novo comandante. O coronel de infantaria António Oliveira tomou posse na numa cerimónia que contou com a presença de autoridades militares e políticas do concelho.

A cerimónia foi presidida pelo Comandante das Forças Terrestres do Exército, o tenente-general António Martins Pereira, e contou com a presença do comandante da Brigada de Reação Rápida, o brigadeiro general Pedro Gonçalves Soares, e também do vice-presidente da Câmara de Lamego, António Alves da Silva, do presidente da Assembleia Municipal, José Lourenço, e do presidente da Junta de Freguesia de Lamego, António Roçado. António Oliveira é licenciado em Ciências Militares pela Academia Militar e prestou serviço no Centro de Tropas de Operações Especiais (Lamego), na Academia Militar, no Regimentos de Infantaria 13 (Vila Real), no Regimento de Infantaria 14 (Viseu), no Instituto de Estudos Superiores Militares (Lisboa) e no Comando da Brigada de Intervenção (Coimbra), unidades onde desempenhou diversas funções nas componentes operacional, de ensino e formação. Enquanto tenente e capitão, foi ainda comandante de diversas subunidades de Operações Especiais, tendo participado nas operações de evacuação de cidadãos nacionais na Guiné e no Congo em 1998 e na operação de apoio à paz no Kosovo em 1999 e 2000. Também foi assessor do ministro da Defesa Nacional no Comando Estratégico da NATO, na Bélgica, para a área de edificação de capacidades. António Oliveira é mestre em Estudos da Paz e da Guerra nas Novas Relações Internacionais pela Universidade Autónoma de Lisboa e foi formado com o curso de Especialização em Informações e Segurança, no Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas. É doutorando em Relações Internacionais na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.