• Concurso

    Concurso "Montras de Natal" dá vida ao comércio de rua em Lamego

  • Aprovado orçamento de 34 milhões da Câmara de Lamego para 2022

    Aprovado orçamento de 34 milhões da Câmara de Lamego para 2022

  • Rádio Douro Nacional...8 Anos!

    Rádio Douro Nacional...8 Anos!

  • Misericórdia de Lamego com atendimento à distância até 7 de janeiro

    Misericórdia de Lamego com atendimento à distância até 7 de janeiro

  • Município de Lamego adere à Onda Rosa

    Município de Lamego adere à Onda Rosa

  • Município de Lamego apoia comércio local com isenção de rendas

    Município de Lamego apoia comércio local com isenção de rendas

UTAD desenvolve aplicação informática que fornece dados por concelho

Um investigador da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), em Vila Real, desenvolveu uma aplicação informática que permite a visualização e análise de dados por concelho, como os infetados por covid-19 ou os serviços médicos disponíveis. A academia transmontana disse hoje, em comunicado, que na solução informática ('dashboard') desenvolvida por Ricardo Bento “é possível encontrar, não apenas o número de infetados e a evolução ao longo do tempo, mas também dados demográficos e da rede de resposta médica”.

“Trata-se de dados que não envolvem apenas a informação do dia, mas que também permitem identificar padrões e 'clusters' sub-regionais, permitem a análise cruzada dos dados da covid-19 com variáveis relevantes para este contexto, como a densidade populacional e o nível de envelhecimento da população”, afirmou o investigador do Centro de Estudos Transdisciplinares para o Desenvolvimento (CETRAD). Acrescentou que permite também a “confrontação com a rede de resposta médica a nível local, identificando eventuais focos de pressão sobre o sistema, complementando, à escala local, a informação publicamente disponibilizada pela Direção-Geral da Saúde (DGS)”. Este sistema pretende ser “mais uma ferramenta de apoio à decisão, para autarquias e entidades públicas locais, mas destina-se também a informar o público em geral”. Para analisar o padrão da doença à escala local, e procurando “colmatar uma lacuna existente” nas soluções disponibilizadas, esta solução foi desenvolvida em articulação com a empresa Esri Portugal - Sistemas e Informação Geográfica, responsável pelo “dashboard” de divulgação do website da DGS, tendo sido integrada no repositório de recurso nacionais, que disponibilizam toda a informação sobre a covid-19. A aplicação foi lançada a 28 de março, conta com mais de 2.300 visualizações e está disponível online. Segundo a UTAD, os dados compilados estão “já a suportar investigações em curso”, nomeadamente entre Ricardo Bento, pela UTAD, e Paulo Reis Mourão, pela Universidade do Minho, estando prevista a publicação de vários artigos nos próximos meses.