Homem morreu depois de esperar seis horas nas urgências do Hospital de Lamego

Escrito em .

Um homem morreu depois de seis horas à espera de ser atendido na urgência hospitalar do Hospital de Lamego. Um homem de 65 anos não resistiu à demora no atendimento, depois de lhe ter sido atribuída a pulseira amarela, na triagem do Hospital de Lamego.

O doente foi considerado um caso urgente, mas acabou por não ser atendido. O hospital justifica-se, como conta a jornalista Rosa Azevedo, alegando que a afluência às urgências foi excecionalmente alta, durante o dia de terça-feira. A família acusa a unidade hospitalar de negligência médica e quer saber a causa da morte já que o utente não foi autopsiado.

fPartilhar
5418